Terror Noturno x Pesadelo: qual a diferença?

Texto escrito para a coluna que realizo no blog Amor e Maternidade. Não deixem de conferir os conteúdos incríveis do blog da Mayara Figueredo.


Toda mãe com quem já cruzei meu caminho, em algum momento, me confessou um grande medo: o de ver o filho sofrer. E a angústia cresce ainda mais quando há o risco de sofrer por algo que elas não podem controlar.


Um exemplo disso? Terrores noturnos e pesadelos, e todo o desespero que causa ver o seu pequeno demonstrando desconforto e medo durante o sono.


Nessa coluna, quero esclarecer para vocês que existem alguns casos em que o pesadelo pode ser um pouco mais intenso, e aí chamamos de terror noturno.